quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

QUEM É DE AxÉ, DIZ QUE É (Who is AxÉ, says it is. Qui est AxÉ, affirme qu'il est)

Maria Leopoldina Cavalcante Oliveira


Mãe Leó – Maria Leopoldina Cavalcante Oliveira tem 62 anos de idade e desde os 18 anos entrou na vida do santo, como ela afirma. Seus pais legítimos eram católicos e, só depois, passaram a freqüentar o espiritismo. Sua avó possuía uma mesa de cura e foi a primeira a interpretar seu mal estar como de origem espiritual. Durante seu desenvolvimento espiritual entrou em contato com conhecidos pais de santo da cidade, entre eles José Clementino e Pai Rivaldo. Em Recife, pelas mãos de Pai Biu, fez o ori com Oxum, na nação nagô (xangô pernambucano). Anos depois completou suas obrigações como Yiá, sob a condução de Pai Marcone Correa Lins, do Loteamento José Sarney, em Natal.


O Centro Espírita Oxum Opará foi aberto por volta de 1991, na própria residência da sacerdotisa, mas antes disso atendia aos enfermos que a procuravam nesse mesmo local, em uma cabana de palha onde fazia suas curas. A principal entidade de sua casa é a mestra dona Chica, mas o mestre Zé do Tombo também presta serviço dentro da Jurema.


A rotina religiosa é dividida em sessão pública realizada nas terças-feiras, às 19 horas, dedicada ao culto da jurema; ao atendimento de consultas e, eventualmente, em datas especiais, canta para os orixás.


Mãe Leó – Maria Leopoldina Cavalcante Oliveira

Centro Espírita Oxum Opará

Bairro Potengi – Natal/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário