domingo, 25 de julho de 2010

Festa no Acais


A idéia de Freitas em festejar seu mestre Benedito Fumaça nas terras do Acais foi muito boa, pela oportunidade das pessoas conhecerem onde Maria viveu. Principalmente as gerações mais novas que nada sabem de sua história, uma personagem quase lendária ou envolta numa áurea mítica. Mas Maria do Acais existiu e foi uma importante juremeira, celebrada em toda região. É também uma forma de reforçar os laços da tradição, no caso a da jurema do Acais. Neste Blog já escrevi algumas passagens de sua história de vida.

A comitiva formada por quase cinqüenta pessoas visitou alguns dos locais sagrados daquelas terras de Alhandra, como o local aonde Zezinho do Acais veio a falecer, a capela construída por Maria do Acais e a jurema onde está sepultado mestre Flósculo (filho de Maria).

A gira foi realizada no espaço onde fica a jurema de mestre Flósculo, por traz da capela. A chuva fina que caía não impediu que os tambores tocassem e que as entidades fossem saudadas. Oferendas foram feitas e a bebida da jurema foi distribuída. A noite escura foi testemunha do encerramento do ritual e perseverança dos juremeiros de reafirmar sua prática e crença.

Vejam a seqüência de fotos no lado direito desta página.

3 comentários:

  1. Espero mais fotos e mais notícias deste encontro

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luiz,

    Estou por aqui, visitando a casa dos amigos! Abraço

    ResponderExcluir
  3. Como juremeira, consagrada e juremada para o mestre Arranca toco, na ciencia e raiz do Acais, quero agradecer a visita e dizer que sempre serão bem vindos a nossa cidade e ao Acais.Sei que na gira todos os mestres q fazem parte da cidades encantada do Acais estavam presentes e nos abençoando.Parabéns professor, amigo e irmão.

    ResponderExcluir