quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Apresentação e defesa de dissertação de mestrado

Aqui todo mundo é da mesma família: parentesco e relações étnicas entre os

ciganos na Cidade Alta, Limoeiro do Norte, CE.


Lailson Ferreira da Silva


Banca:

Luiz Assunção – Orientador

Maria Patrícia Lopes Goldfarb – UFPB

Edmilson Lopes Junior – UFRN


RESUMO

O trabalho tem como objetivo compreender como diante de um contexto de constante interação com a população local, os ciganos da família Alves dos Santos, residentes no bairro Cidade Alta, Limoeiro do Norte, CE, mantêm o sentimento de pertencimento étnico. Para tanto, analisa as relações sociais entre ciganos e não-ciganos na comunidade, pois é a partir do contato que as fronteiras sociais são delineadas, como os discursos e representações sociais que são utilizados para qualificá-los a partir de estigmas. Além disso, procura identificar os elementos utilizados por estes sujeitos sociais para fundamentarem e legitimarem sua identidade. Assim, consta que alicerçados na noção de família, os ciganos se vêem enquanto grupo, buscando na história/passado nômade, origem e sangue comuns os elementos que fundamentam a sua condição, sendo a linguagem um traço cultural que possibilita estabelecer diferenciações objetivas entre os ciganos e os demais moradores da comunidade, tornando-se, portanto, um sinal diacrítico.

Data: 23/08/2010

Hora: 14 h

Local: UFRN – Auditório Consecão – CCHLA (Azulão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário