domingo, 19 de setembro de 2010

QUEM É DE AxÉ, DIZ QUE É


MOISÉS FERNANDES DE QUEIROZ


Moisés Fernandes de Queiroz nasceu em 1954, na cidade de Pedro Avelino – RN. Seu encontro com as religiões afro-brasileiras vai acontecer já na fase adulta quando diante de problemas de saúde passou a freqüentar o terreiro Caboclo Jupiaçu, de Mãe Lourdes, no bairro da Cidade da Esperança. Em seguida vai para o Centro Senhor do Bonfim, dirigido por Mãe Avelina (falecida), na cidade de Macaíba.


O Centro Senhor do Bonfim era de Candomblé, nação queto. E vai ser nessa casa que Moisés vai fazer sua iniciação na religião, tendo Oxalá como Orixá de frente e Omulu como segundo Orixá. Posteriormente, com seu desenvolvimento passa também a freqüentar a Casa Raiz do Axé de Nigola de Janga Doyá, em Corumbá, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, seguindo a nação de Candomblé de Angola.


Em 1983 abre seu próprio barracão. Inicialmente funciona na sua residência no bairro de Santarém, depois com a aquisição de um terreno e a construção do novo espaço, transfere-se para o Loteamento Caminho de Genipabu, no município de Extremoz, área metropolitana de Natal, onde estabelece a Casa do Benguê Ngola Djanga Ria Lembaranganga.


Moisés Fernandes de Queiroz

Casa do Benguê Ngola Djanga Ria Lembaranganga

Loteamento Caminho de Genipabu – Extemoz/RN

6 comentários:

  1. Parabéns Táta Kassulupongo por esta homenagem tão merecida pelo saudozo professor Luiz Assunção, tenho orgulho de fazer parte desta grande e gloriosa familia "CBNDL".

    Ass. Táta Lukaiamutoni

    ResponderExcluir
  2. Que N'zambi e Tatêto Lembaranganga e MamÊto Matamba possam abençoar e proporcionar varios momentos como este por muitos e muitos anos Táta Kassulupongo e que o professor Luiz possa se fazer presente em varias outras festas, Parabéns ao Táta Kassulupongo por esta linda e maravilha homenagem e parabéns ao Professor Luiz Pela Materia.

    Ass. Thalita

    ResponderExcluir
  3. Mukuiú Táta Kassulupongo, Parabéns ao senhor meu Táta, que esses momentos se repitam muitos e muitos anos, adimiramos o senhor pelo Táta riá Inkice, Pai de família e exmplo de humildade que o senhor é.

    Ass. Táta Keuamucongo

    ResponderExcluir
  4. Essa materia e um sinal que a nossa nação angola esta cada vez mais forte, obrigado Prof Luiz, por nos torna cada vez mais visto no candomble.

    ResponderExcluir
  5. Tata kassulupongo (Moizés), o senhor é um exemplo de amor e dedicação com os Inkices, filhos, amigos e familiares, que tatêto Lembaranganga, Tatêto Kaviungo e Mamêto Dandalunda lhe abençoe e fotifique-o cada vez mais.Moisés Neto.

    ResponderExcluir
  6. O Candomblé de Angola só tem a ganhar com um Tata Inkice como Kassulupongo, sinônimo de respeito e acolhimento, homem dedicado a função que estabelece, sua casa passa conforto e tranquilidade aos frequentadores.
    parabéns ao Tata. E que Nzambe e Mameto Matamba lhe dê sempre forças para continuar.

    ResponderExcluir