terça-feira, 2 de novembro de 2010

Defesa de Dissertação de Mestrado

Apresentação e defesa da Dissertação de Mestrado da aluna Maria das Graças Cavalcanti Pereira – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN.

Dadi e o teatro de bonecos. Memória, brinquedo e brincadeira.



Dia: 05/11/2010 – 14 h
Local: UFRN – CCHLA (Azulão)
Auditório de Ciências Sociais, 1º andar
Natal/RN

Banca Examinadora:
Prof. Luiz Assunção – UFRN – Orientador
Profª Adriana Alcure Schneider – UFRJ
Profª Wani Fernandes Pereira – UFRN
Profª Lisabete Coradini – UFRN

RESUMO:
O teatro de bonecos é a temática desta dissertação de mestrado, com um recorte para tratar da memória, brinquedo e brincadeira, focado na calungueira Maria Ieda da Silva Medeiros, conhecida por Dadi. Atualmente com 71 anos, Dadi reside em Carnaúba dos Dantas/RN e não se restringe apenas a “botar” os bonecos para brincar, a encenar histórias pelos diversos personagens. Constrói os bonecos, veste, dá vida, movimento.

No Rio Grande do Norte, o teatro de bonecos, denominado “João Redondo”, é marcado por um caráter historicamente masculino da tradição, representada por alguns mestres já falecidos ou por seus multiplicadores, ou mesmo por brincantes que não possuem linhagem de mestres em suas famílias, mas aprenderam com vários deles e, aos poucos, foram inseridos nesse universo lúdico.

Dadi transgride essa genealogia potiguar e vai sugerindo uma diversidade de transgressões, extrapolando, com sua inventividade, tanto em suas apresentações como em sua vida, o que fez a autora elegê-la e a constituí-la como objeto singular no decorrer da pesquisa.

A pesquisa utiliza aporte teórico-metodológico das ciências sociais, em especial as referências vindas dos estudos da cultura, como as abordagens sobre a memória e tradição de autores como Maurice Halbwachs e Paul Zumthor, entre outros.

O trabalho de campo foi sistematizo, priorizando a observação participante e o diálogo permanente. Utiliza diferentes estratégias de registro, como: entrevista semi-aberta, vídeo-documentário, áudio das narrativas, registro fotográfico e videográfico, proporcionando ao trabalho uma atualidade relevante, ao dialogar com seus diversos elementos.

Um comentário:

  1. Me sinto muito feliz em ver publicado no seu blog o meu convite para a apresentação da defesa do mestrado. Ao mesmo tempo muito honrada em ter sido sua orientanda e em ter visto meu trabalho exposto na sua estante de cima. Um abraço e obrigada por tudo.

    ResponderExcluir