quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Férias, trabalhando

Pois é isso mesmo. Estou de férias da Universidade, mas em casa trabalhando duro, pelo menos 10 horas por dia, lento e analisando 12 artigos de alunos que fizeram pós-graduação comigo. Os textos têm como base as dissertações e teses realizadas e a idéia é juntar em um livro, que provisoriamente estou chamando de Um barco, que possa tornar publico um trabalho coletivo desenvolvido nesses últimos anos. Os temas abordados contemplam diversos conteúdos, tais como: catolicismo popular (devoções, festa de santo), cultura popular (folclore, teatro, música, artesanato), etnicidade (ciganos), religião afro-brasileira (Umbanda, Jurema).

5 comentários:

  1. Olá Prof. Luiz Assunção!
    Belo título!
    Em Umbanda: "Barco": grupo de médiuns iniciantes (neófitos) preparados, orientados e iniciados no culto ao mesmo tempo pelo Babalorixá (Sacerdote).

    Evandro de Ogum

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo, a idéia é essa mesma. Estou levando esse belo ensinamento da Umbanda para a Universidade. Grande abraço. Luiz.

    ResponderExcluir
  3. Se mais iniciativas como a sua surgissem, com certeza a nossa Umbanda/Jurema Sagrada não estariam tão marginalizadas pelo saber dito erudito
    Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Amiga Fátima, mais uma vez obrigado por seu apoio. Abraço. Luiz.

    ResponderExcluir
  5. Maria das Graças Cavalcanti16 de janeiro de 2011 22:27

    Sei que a comunidade científica e a sociedade em geral irá fazer uma viagem maravilhosa nesse barco e seu olhar clínico será a peça chave para que ele adentre em mares nunca antes navegado.

    ResponderExcluir