terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Intolerância religiosa – caso Yalorixá Jane de Yemanjá

Conforme estava programado aconteceu à primeira audiência sobre o caso da Yalorixá Jane de Yemanjá, que sofreu agressão verbal, física e moral, conforme notícia divulgada anteriormente neste Blog (11/02).

A Yá Jane de Yemanjá exige pedido formal de desculpas e uma ação comunitária como pagamento.

A Rede Mandacaru – RN fez o levantamento de outros casos de intolerância religiosa no RN:


Caso Mãe Lindalva – fato ocorrido na cidade de Parnamirim;

Caso Yá Rosa de Onira – São Gonçalo do Amarante;

Caso Babá Aderbal e Yá Cremilda de Oxum – fato acontecido na cidade de Macaíba;

Caso Mãe Selma – comunidade da África, Natal;

Caso Tatá Dedé de Macambira – Macaíba;

Caso Mãe Luzi – comunidade Potengi, Natal;


Nenhum comentário:

Postar um comentário