terça-feira, 8 de março de 2011

Carnaval

Nesse carnaval resolvi ficar trabalhando. Não que eu seja grande folião, mas gosto de ver a alegria e a criatividade nas múltiplas expressões produzidas pelos brincantes. Mas o trabalho me chama... Na listagem de prioridades para esses dias de momo, tenho que escrever uma proposta de projeto, analisar os dados de parte do levantamento dos terreiros da Zona Norte de Natal, além de textos para ler e analisar (uma tese, dois exames de qualificação de mestrado, um artigo para emitir parecer).

De vez em quando dou uma fugida e vejo na televisão flash das celebrações, como a cerimônia de abertura do carnaval do Ilê, na Liberdade, em Salvador. Ou parte do desfile dos Filhos de Gandh. É tudo muito bonito e emocionante.

Ontem pela manhã resolvi dar uma parada no que vinha fazendo. Fui para a Redinha me juntar aos amigos dos terreiros que tiveram a ótima idéia de criar o Afoxé Estrela da Manhã.

O Afoxé Estrela da Manhã acompanhado pela Banda de Pau e Corda percorreu o circuito do carnaval da Redinha e durante toda manhã foi possível dançar, cantar, se confraternizar e fazer-se presente no chamado carnaval multicultural de Natal.

Estrela da Manhã

Traz o axé pro carnaval

Nenhum comentário:

Postar um comentário