terça-feira, 22 de março de 2011

Dia Internacional de luta contra a discriminação racial

Em Brasília foi criada a Frente Parlamentar em defesa das comunidades tradicionais de terreiros, que tem como objetivo não apenas fiscalizar, mas impedir manifestações e ações discriminatórias contra as comunidades negras no Brasil.


A Frente terá o papel de promover ações em defesa das religiões de matriz africana para a promoção da liberdade de culto e contra a intolerância religiosa, de modo que os terreiros tenham o mesmo tratamento que outros templos religiosos.


É claro que este tipo de ação é muito importante e precisa se multiplicar, no entanto é necessário pensar como ela chega a nível local, nas cidades, nos bairros, onde atitudes discriminatórias acontecem no seu cotidiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário