quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Pontos de Jurema

Em 2009 a antropóloga paulista Rita Amaral publicou um artigo, intitulado poeticamente "A fina ciência da jurema", no qual apresenta uma leitura sobre o CD Pontos de Jurema. Recentemente encontrei este artigo na internet. Merece ser lido. Num determinado trecho escreve a autora:   

"Fruto da longa convivência de Luiz Assunção com o campo religioso afrolusobrasileiro, o registro fonográfico digital de 29 “pontos de jurema” (escolhidos pelo antropólogo entre os apontados por quatro reconhecidos Mestres de Jurema natalenses como representativos do culto e de sua diversidade melódica), tem a proposta de reverenciar a memória juremeira. Mas ultrapassa em muito este objetivo; pois a audição atenta dos pontos, seus ritmos, letras e melodias, nos abre as portas não só da cosmologia do culto, seus mistérios e crenças, mas da própria essência da cultura brasileira". 

Leiam (e escutem 3 faixas do CD) no seguinte endereço:

http://www.pontourbe.net/04/amaral-pu4.html

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Quem é de Axé, diz que É

Francisca Luciene da Silva

 
Iyá Temi Luciene de Oyá, é natural do município de João Câmara, local onde viveu até a idade adulta. Aos doze anos de idade, “seguiu o rumo do vento, ouvindo o som dos tambores” e chegou a uma casa de umbanda, dirigida por dona Raimunda Francisca, Bibi, como é conhecida naquela cidade, por lá ficando cerca de dez anos. Iyá Luciene vinha de uma família onde o pai era espírita, com pessoas umbandista na família e, pelo lado materno, uma orientação extremamente católica. Como gosta de destacar, no princípio não foi fácil, mas o acolhimento recebido na casa de Bibi e a resposta positiva para sua saúde, fez com que a família entendesse seu caminho.
Com o tempo, casou, formou família e veio morar em Natal. Na cidade conheceu e passou a frequentar o centro de Zé Maria de Oyá, no bairro do Golandim, em São Gonçalo do Amarante, na grande Natal. A iniciação, na nação jeje, foi com Oyá Tougun e a renovação na mestria foi para a mestra Maria da Virada e Mineiro Velho.  
Em 1998 fundou sua própria casa, o Ilè Asé Ogbéòtògundá, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, zona norte da cidade de Natal, na qual além de desenvolver suas funções religiosas, realiza ações sociais com atendimento a população da comunidade.
Nos ultimos anos tem participado ativamente dos movimentos sociais, em especial àqueles voltados para as questões religiosas e étnicas. Foi uma das fundadoras do Fórum de Religiosos de Matriz Africana do estado do RN, do qual participa, como também integra o Fórum de Educação para a diversidade étnica- racial do RN e a Comissão de terreiros de umbanda e candomblé do RN. Diretora de projetos da Rede Mandakaru RN e Yalorixá dirigente do Centro de Educação, Cultura e Sustentabilidade Ojôloyá, uma das ações do seu Asé.    
    

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Jussara Silveira - Diverso - Parte 1


Jussara Silveira - Diverso - Parte 2


Mapeamento dos terreiros de Natal

Tenho recebido e-mails, via site do Mapeamento, de vários amigos se dispondo a colaborar com o mapeamento dos terreiros. Dentro dos limites do tempo vamos fazendo os contatos e indo aos locais - terreiros, barracões e todas casas de Axé.
Agradeço a colaboração de Marconi, Iyá Luciene de Oyá, Cleyton Araújo, Jair Campos, Karinilenne Nascimento.

FOLCLORE

Amanhã acontece na Biblioteca Zila Mamede, UFRN, encontro acadêmico em homenagem ao folclorista Deífilo Gurgel.
Mesa: Vida e obras de Deífilo Gurgel
Local: Biblioteca Zila Mamede, UFRN
Horário: 09 h
Coordenação: Prof. Tarcísio Gurgel

domingo, 19 de agosto de 2012

Mapeamento dos terreiros

Gostaríamos de compartilhar com voces a mensagem recebida do Coordenador Geral da Coordenação Amazônica da Religião de Matriz Africana e Ameríndia – CARMA:

“Estamos tentando fazer aqui em Manaus a Cartografia Social e consequentemente o mapeamento do Povo Tradicional de Terreiro. Assim como na maioria das grandes capitais, aqui não tem sido fácil conseguir recursos para isso.
A ideia de fazer o mapeamento via internet me pareceu uma ideia fantástica. Quereria saber mais sobre a metodologia, os recursos técnicos usados para isso. Creio que esse projeto será o divisor de águas. Grato, desde já, pela colaboração.
Cordialmente,
Vodunsi He Rohsovi Alberto Jorge Silva
Coordenador Geral da Coordenação Amazônica da Religião de Matriz Africana e Ameríndia - CARMA
www.facebook.com/carma2004

João Redondo no Agosto da Alegria

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Jussara Silveira - Programa Metrópolis - TV Cultura São Paulo, 16/03/2012 - Bloco 1

Calunga, de Capiba, com Jussara Silveira

Hoje no TAM - Jussara Silveira

Cinema francês em Natal

Festival do cinema frances em Natal - Praia Shopping. 
Veja a progrmação no site:
 
http://www.variluxcinefrances.com 

3 Anos, 40.000 visitas


Há exatamente 3 anos iniciávamos a produção deste Blog. Não tem sido fácil mantê-lo; temos alguns acertos e muitas dificuldades. É muito bom saber que durante esse tempo 40.000 pessoas acessaram o Blog. Muito obrigado por sua visita e participação. Mas gostaríamos de poder compartilhar mais com aqueles que acessam o Blog. 

É importante a sua participação. Deixe seu depoimento, sugestões, opinião.  

Continue participando e ajude a divulgar nosso Blog. 

Muito Axé para todos!