terça-feira, 23 de outubro de 2012

Contra homofobia, hermanofobia

Antes de escolher um candidato a prefeito, o eleitor está escolhendo uma pessoa. E pessoas têm princípios.
Permitir que espalhem panfletos disseminando intolerância e preconceito é, além de antiético, um atentado à inteligência dos eleitores.


Repudiamos todo qualquer tipo de baixaria, principalmente as que semeiam ataques à classe LGBT como a feita pela campanha de Hermano Morais neste domingo.
A atitude de distribuir panfletos em igrejas é lamentável por parte de um político que quer 
ser prefeito e se diz “ficha limpa”. 
Homobofobia, caro Hermano Morais, é crime punível por lei. 
Nós, eleitores, queremos um debate de ideias sério, não esse lamaçal de baixarias. Sabemos 
da atuação atual da cidade e queremos ouvir propostas que ajudem a recuperar Natal. 
Queremos, ainda, um candidato que respeite os Direitos Humanos e os direitos conquistados 
pela classe LGBT.  
Por conta disso, repudiamos esta sua campanha baixa e desaconselhamos o voto no senhor.  
Contra homofobia, hermanofobia. 
 
Fonte: http://negroptemacao.blogspot.com/


Nenhum comentário:

Postar um comentário