sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Dia da Consciência Negra ?



O Prefeito de Natal revogou decreto aprovado esta semana em que instituía o dia 20 de novembro como feriado municipal pelo Dia da Consciência Negra. A medida adotada demonstra, entre outros aspectos, a possibilidade de pensar o local em que a Prefeitura se coloca em um campo de forças. Nesse caso específico, ao lado das denominadas instâncias produtivas, entre elas, o setor do comércio e indústria, gerando para além de resultados econômicos, modos de elaborar elementos simbólicos e conceber o mundo social. A posição assumida, mostra também como o universo da cultura Afro-Brasileira foi historicamente percebido pela sociedade brasileira, ou seja, como uma cultura desvalorizada e sem prestígio. 

Não faz muito tempo, a religião afro-brasileira em Natal foi envolvida em uma série de acusações de ordem, no mínimo, preconceituosas, e, mesmo a união dos religiosos e a elaboração de uma carta aberta à sociedade natalense, não foram suficientes para contar com a presença, por exemplo, da imprensa convidada para a assembleia organizada com o objetivo de entregar o referido documento. 

Por que não pensar os demais feriados existentes na cidade, no estado e no país?
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário