segunda-feira, 24 de novembro de 2014

NOTA DE PESAR: FALECIMENTO DA IYALORIXÁ RENNÉ ALVES GALVÃO


No dia 20 de novembro, ultima quinta feira, faleceu por falência múltipla dos órgãos, a sacerdotisa do Culto ao Orixá da Nação Nagô, Iyalorixá Renné Alves Galvão de Ogum, aos 87 anos.
Iniciada no culto na década de 1960, pelo saudoso Babalaô/Uluô Julio Gomes Moreira, em sua trajetória como Iyalorixá, fundou o ILÊ AXÉ OGUN OFAJÉ,  no bairro do Tirol, com a ajuda da também saudosa Iyalorixá Elizabete de França Ferreira de Iyemanja, a quem ela carinhosamente chamava de “Vó Betinha”.
Mãe Renné homenageou seu Pai de Santo, dando o nome dele ao logradouro do Ilê. Seu Axé cumpriu um importante papel na sociedade potiguar, ao oferecer assistência, palavra amiga, apoio, aconchego e orientação espiritual através do trabalho social realizados com as pessoas menos favorecidas da comunidade da baixada Fluminense do Tirol, como também no atendimento a diferentes personalidades da política e sociedade natalense. Todos que a procuravam sempre saiam com uma certeza de que algo melhor estava por vir.
Ela foi exemplo de resistência e guarda das tradições do Culto da Nação Nagô/Xangô de Pernambuco e muito se orgulhava de sua pureza, dada a falta de influências e interferências externas em sua casa.
Mãe Renné deixa sua família de Axé, amigos e admiradores com o seu legado religioso e humanista.
Os ritos fúnebres, conforme práticas da nação que professava, já se iniciaram. E a missa do Sétimo dia será dia 26/11/2014, próxima quarta feira na Igreja Santa Terezinha, bairro do Tirol, em Natal-RN, às 17h e 30 mim.

“Siga em paz e tranquila, grande guerreira, descansa, seu rebanho está pronto e ti encontro na fé”.

Baba Ivângelo França

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário