sexta-feira, 6 de março de 2015

Teatro de Bonecos reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil




 
Teatro de Bonecos Popular do Nordeste - conhecido como Mamulengo em Pernambuco, Babau na Paraíba, João Redondo no Rio Grande do Norte e Cassimiro Coco no Ceará - foi reconhecido por unanimidade como Patrimônio Cultural do Brasil e inscrito no Livro de Formas de Expressão do Patrimônio Cultural Brasileiro. A aprovação ocorreu na 78ª reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que aconteceu na sede do IPHAN, nesta quinta-feira (05), em Brasília.
 
O Teatro de Bonecos é uma expressão da cultura popular cuja ancestralidade remonta desde as máscaras rituais africanas à commedia dell’arte italiana da idade média, integrando o erudito e o popular. O processo de inventário e registro que levou a esse reconhecimento é fruto de uma caminhada de mais de dez anos de pesquisa, registro e inventário dessa brincadeira popular. O pedido de reconhecimento veio da Associação Brasileira de Teatro de Bonecos.
 
O trabalho de campo, inventário e registro no Rio Grande do Norte foi coordenado pelo Grupo de Estudos Culturas Populares UFRN e contou com a participação de Ricardo Canella e Maria das Graças Cavalcanti. 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário