sexta-feira, 24 de julho de 2015

Antropologia e estudos de Folclore em reflexão


O Fórum Antropologia e estudos de Folclore, parte da programação da V Reunião Equatorial de Antropologia e XIV Reunião de Antropólogos do Norte e Nordeste, realizado esta semana em Maceió (Alagoas), afirmou a importância dos estudos de folclore na história do pensamento social brasileiro e a contribuição desses estudos para a constituição da antropologia enquanto campo de conhecimento. E, mais, propiciou a abertura de um importante espaço institucional para reflexões sobre esses campos de estudos – antropologia e folclore, encontros epistemológicos e questões contemporâneas da cultura.
O Fórum foi proposto e coordenado pelos professores Oswaldo Giovannini Junior (UFPB) e Wagner Neves Diniz Chaves (UFRJ). O encontro foi dividido em três sessões:
Sessão 1:  Antropologia dos estudos de folclore
Participantes: Wagner Chaves (UFRJ-MN) – “Do campo ao museu (e de volta ao campo): considerações sobre a produção e circulação dos registros sonoros de Théo Brandão”. Bruno Cavalcanti (UFAL) – Arthur Ramos e os estudos de folclore. Joana Correa (IFCS-UFRJ) – Mário de Andrade, Alceu Maynard Araújo e Inami Custódio Pinto: perspectivas dos estudos de folclore nas pesquisas sobre fandango. Oswaldo Giovannini Junior (UFPB) – Recepção e influências: estudos de folclore e festas do Rosário.
Sessão 2: Ritos e festas da cultura popular contemporânea
Participantes: Luzimar Pereira (UFJF) – Pesquisa sobre folias e comunidades de folias em Minas Gerais. João Miguel Sautchuk (UNB) – Investigando a poesia: a cantoria nordestina e suas formas expressivas. Luciana Gonçalves de Carvalho (UFOPA) – Eles dizem que é folclore (sobre as reflexões de Betinho e as questões do boi maranhense).
Debatedor: Carlos Sandroni (UFPE).
Sessão 3: Problematizando fronteiras: interfaces entre folclore, etnologia dos índios do nordeste e estudos afro-brasileiros
Participantes: Claudia Mura (UFAL) – Pankararu, praias e penitentes. Ana Teles (IFCS-UFRJ) – Os estudos do negro no interior dos estudos de folclore: confluências de um debate.
Debatedor: Luiz Assunção (UFRN).

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário