segunda-feira, 21 de março de 2016

POESIA E SOCIEDADE


Durante quatro anos orientei uma pesquisa de doutorado sobre a obra poética de Manoel de Barros, realizada por Kelson Gérison Oliveira Chaves. Ao final, tive a satisfação de ver a pesquisa ser premiada em edital de Fomento à Literatura, do Ministério da Cultura. Haviam mais de novecentos inscritos, em diversas categorias (tais como romance, conto, poesia). O trabalho de meu orientando, Kelson Oliveira, foi selecionado na categoria “Pesquisa Literária”.

O edital objetivava fomentar a produção, difusão, circulação, formação e pesquisa literária nacional, tendo sido lançado em 2014 por iniciativa da Diretoria do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Ministério da Cultura. Entre os critérios de seleção da categoria “Pesquisa Literária” estavam a “consistência e abrangência do projeto”, a “excelência do conteúdo e da fundamentação teórica quanto à temática abordada”, bem como a “relevância temática para o desenvolvimento da literatura brasileira”.

Agora, em 2016, quando se comemora o centenário do poeta Manoel de Barros, Kelson está finalizando a edição de seu texto para publicação em formato de livro, procurando contribuir, assim, com os eventos e discussões que se realizarão no centenário do poeta pantaneiro. O livro tem como título “As Árvores Me Começam: o mundo por Manoel de Barros”, e discute valores e visões de mundo presentes na obra do referido poeta.

SOBRE O AUTOR:

Kelson Gérison Oliveira Chaves é formado em História pela UECE e possui mestrado e doutorado em Ciências Sociais pela UFRN. Em 2006 ganhou seu primeiro edital, tendo publicado seu primeiro livro de poesia, intitulado Quando as Letras Têm a Cor do Sonho. Em 2009 foi novamente premiado, publicando seu segundo livro de poesia, Para Comover Borboletas, este pela editora 7Letras. Foi ainda selecionado no Prêmio Literário do Autor Cearense, em 2010, com sua pesquisa etnográfica sobre magia nas religiões afrobrasileiras, publicado em 2011 sob o título Os Trabalhos de Amor e Outras Mandingas. Mais recentemente, já em 2015, lançou seu quarto livro, este voltado para o público infantil, intitulado A História da Menina que Carregava os Olhos na Mão, premiado no IX Edital de Incentivo às Artes do Ceará e publicado pela Editora Demócrito Rocha, do grupo O Povo.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário