terça-feira, 8 de novembro de 2016

Umbanda, patrimônio cultural do Rio de Janeiro


O prefeito Eduardo Paes assinou o decreto que reconhece a Umbanda como patrimônio cultural do Rio de Janeiro. O ato é muito significativo para a religião, por valorizar a herança de matriz africana, principalmente em um tempo marcado pela intolerância religiosa.
Segundo o decreto, a medida visa proteger a religião e apontar a necessidade de políticas públicas que promovam o respeito à diversidade religiosa. O documento também institui o cadastramento dos terreiros onde os cultos religiosos são praticados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário