sexta-feira, 21 de abril de 2017

Percursos religiosos


Malas prontas para uma nova viagem. Dessa vez, dentro de poucas horas, viajo para a região conhecida como País Basco (Espanha), a fim de realizar entrevistas com potiguares, iniciadas na jurema, que vivem atualmente nesta região. Alguns dias de pesquisa para começar entender o fluxo (e certos percursos) de práticas religiosas.  
 

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Brasil: o grande salto para trás


O documentário “Brasil: o grande salto para trás”, transmitido pela TV franco-alemã, mostra quem foram os políticos que, há um ano, votaram pela abertura do processo de impeachment na Câmara dos Deputados e mudaram o destino do Brasil. O filme traça um perfil desses principais atores – pessoas ligadas a empresas, grandes fazendeiros, conservadores e corruptos, ao mesmo tempo em que aponta um triste destino para o país.  

O filme é dirigido pelas francesas Frédérique Zingaro e Mathilde Bonnassieux com narração do ator brasileiro Duvivier.  

Ver matéria em: www.brasil247.com;
 

Para ver o documentário acesse o link:
http://info.arte.tv/fr/film-bresil-le-grand-bond-en-arriere

terça-feira, 18 de abril de 2017

Comer com os espíritos


Comer com os espíritos: ofertas, partilhas e cuidados na umbanda no Brasil e Portugal é o título de um livro publicado recentemente em Paris, escrito por Jorge P. Santiago e Marina Rougeon, professores da Universidade de Lyon (França), resultado de pesquisas realizadas em terreiros de umbanda localizados nas cidades de Rio de Janeiro e Póvoa de Lanhoso (Portugal). 

Alimentação é o tema central do estudo, assim como as relações entre religião e alimentação e os processos de transnacionalização. Ao longo do texto, os autores abordam questões sobre as experiências nutritivas e condutas alimentares na umbanda, a prática religiosa do alimentar os espíritos, a relação nutritiva entre espíritos e humanos, alimentar e curar, alimentação e sociabilidade.   
 
  

quarta-feira, 12 de abril de 2017

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Camille Claudel




Recentemente foi inaugurado um museu dedicado à obra da escultora Camille Claudel. Localizado na casa da família, em Nogent-sur-Seine, a pouco mais de cem quilômetros de Paris, o Museu expõe as principais peças da artista, que inclui esculturas, desenhos e moldes de gesso, cobrindo um período de produção artística que vai de 1882 a 1905.  

Camille Claudel morre no ano de 1943, aos 78 anos de idade.

Placa fixada na fachada do prédio onde morou a artista em Paris.

 

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Imaginário e diálogo inter-religioso


Horizonte – Revista da PUC Minas, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião, acaba de publicar seu mais novo número: Dossiê “Imaginário e diálogo inter-religioso”, que pode ser acessado através do link:
http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/issue/view/871/showToc

5 livros de literatura africana contemporânea

5 livros de literatura africana contemporânea: Professora de filosofia da USP, Maria das Graças de Souza indica cinco livros de literatura africana contemporânea