sábado, 10 de junho de 2017

As árvores me começam


As árvores me começam: o mundo por Manoel de Barros é o título do livro de Kelson Oliveira, publicado recentemente na cidade de Fortaleza (CE), fruto de sua tese de doutorado, defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN. Em sua trajetória, é bom registrar, o trabalho de Kelson Oliveira, conta com as premiações de Bolsa de Fomento à Literatura da Fundação Biblioteca Nacional e Ministério da Cultura (2014) e Edital Ceará de Incentivo às Artes (2015).
Na tentativa de deixar claro para o leitor a proposta do livro, o autor escreveu: “A leitura da obra de Manoel de Barros por um prisma antropológico e histórico, buscando compreender dimensões de criação literária na entrelaçada rede da experiência social, levou-me a identificar nela a presença muito constante de certos valores e ideias sobre a vida, a sociedade, a poesia, o ser humano e o mundo. Tudo isso, em conjunto, terminou por me fazer enxergar nessa poética a presença de uma ampla reflexão acerca da sociedade contemporânea. Há, portanto, na obra poética de Manoel uma visão, uma interpretação, um pensar sobre o mundo. E em que consiste este pensar? Como é o mundo pelo olhar de Manoel de Barros, o mundo por Manoel de Barros? Este livro procura dialogar com essas e outras questões”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário